sexta-feira, 25 de julho de 2008

Epígrafes de Leminski



Estava procurando poesias para introduzir os capítulos da minha dissertação que é sobre poesia ... pensei no meu poeta preferido e lá estavam as tais ... O velho Leminski sempre atento ...

"A literatura de um país pobre
não pode ser pobre de idéias.
Pobre da arte de um país
pobre de idéias.
Pobre da ciência de um país
pobre de idéias.
Num país pobre,
não se pode desprezar
nenhum repertório.
Muito menos
os repertórios mais sofisticados.
Os mais complexos.
Os mais difíceis de aceitar à primeira vista.
Lembrem-se de Santos Dumont.
Sempre haverá quem diga
que num país pobre
não se pode ter energia nuclear
antes de resolver o problema
da merenda escolar.
Errado.
Num país pobre,
movido a carro de boi,
é preciso por o carro na frente dos bois."
(Paulo Leminski)

segunda-feira, 21 de julho de 2008

Brotos Caseiros

Nossa primeira produção de brotos. Foi de sementes caseiras de feijão miúdo (Vigna unguiculata). Ficamos felizes ... Descobri porque é tão caro, dá muito trabalho.









quinta-feira, 17 de julho de 2008

Pasqualina



A Pasqualina foi-me apresentada pela Comadre, uma torta vegetariana salgada de acelga, muito deliciosa, leve e saudável ... receita tradicional uruguaia. Como não tinha a receita “original” fiz assim:

MASSA:

300 g de farinha de trigo
3 colheres (sopa) de óleo de arroz
1 xícara (cha) de agua
1 colher (cha) de sal
1 pitada de fermento químico
1 gema pra pincelar
Orégano para polvilhar

Misture a farinha com o fermento, o óleo e o sal. Junte aos poucos a água, trabalhando a massa até ficar elástica e maleável. Deixe descansar por 1 hora, coberta.

RECHEIO:

2 maços de acelga (cozida e picada)
1 cebola média (picadinha)
2 dentes de alho grandes (picadinhos)
2 ovos cozidos
1 colher (sobremesa) de noz-moscada
1 colher (sobremesa) de sal
1 colher de azeite
Refogo a cebola e o alho no azeite, coloco o sal e a acelga, tempero com noz-moscada.

Montagem

Divida a massa em duas partes. Abra uma parte, numa superfície enfarinhada. Coloque no fundo de uma assadeira (untada), despeje o recheio e os dois ovos em rodelas. Cubra com a outra parte da massa, emparelhe as bordas, para fechar junte os cantos com os dedos ou com um garfo. Pincele com a gema e polvilhe com orégano. Forno médio +- 40 min.
É muito gostosa servida fria.

Em breve escrevo a receita "original"

terça-feira, 15 de julho de 2008

Sericaia



Na onda da Sericaia fiz a minha numa travessa de barro capixaba ...
Doce muito bonito, mas para nós é muito doce. Deveria ter feito em dia de festa.
Igual vale a função, tirei a receita do Blog da Karen. A cara é doce português, o gosto é doce português. Ficou bem amarelinho devido aos ovos caipiras. Lindo !!

500ml de leite
65g de farinha de trigo
6 ovos
250g de açúcar
1 tira de casca de limão
2 paus de canela
2 c chá de canela em pó
1 pitada de sal

Batem-se as gemas (gemas peneiradas) com o açúcar até se obter um creme fofo.À parte dissolve-se a farinha no leite que foi previamente fervido com a casca de limão, os paus de canela partidos em pedaços e o sal. Adiciona-se o creme de gemas e mexe-se.Leva-se a engrossar em fogo baixo. Retira-se do calor e deixa-se esfriar. Batem-se as claras em neve e juntam-se cuidadosamente ao preparado anterior, que nesta altura deverá estar frio ou ligeiramente morno.Tem-se um prato de barro, ou outro que possa ir ao forno, e deita-se aí o doce às colheradas. Este aspecto é importante, não se limitem a apenas despejar o creme no prato.Polvilha-se a superfície abundantemente com canela, e vai ao forno previamente aquecido ao máximo.Retira-se quando começar a abrir fendas e a crescer à volta do prato.

sexta-feira, 11 de julho de 2008

Peixe-rei com molho de hortelã


Fui ao mercado público de Porto Alegre comprar algumas coisitas, chegando em uma peixaria, ví que estavam descarregando filés de peixe-rei fresquitos, adoro esse tipo de peixe, e é baratinho também.
O Filé temperei com alho, limão, louro, sal e pimenta do reino. Fiz milanezas.
Para o molho:
1/2 copo de iogurte natural consistência firme;
2 dentes de alho picadinhos inhos inho;
8 folhas de hortelã rasgadas;
sal e pimenta preta a gosto.
Macerar bem e colocar sob as milanezas, fica leve e saboroso.

Tofú grelhado com chimichurri


Como todos sabemos Tofú é algo muito saudável, o queijo da soja ... Porém digamos que não é algo tão saboroso, essa receita é muito fácil e dá uma textura super diferente no tofú ...

Cortar o tofú em fatias de1/2 cm, coloca-los em uma frigideira antiaderente pré-untada com qualquer óleo, virar, ao final adicionar um pouco de shoyu. Para incrementar coloquei o chimichurri feito pela minha comadre ... Um acompanhamento super delícia

domingo, 6 de julho de 2008

Batata Suíça de forno



-3 batatas médias
-1/2 cebola pequena
-1 colher de sopa de amido de milho
-1 pitada de fermento químico
- pimenta do reino
- 2 ovos
- 30 gramas de parmesão ralado
- 2 colheres de manteiga
-salsa a gosto


Refogar a cebola na manteiga, misturar com os ingredientes secos, ralar as batatas (já levemente cozidas) , adicionar os ovos e os temperinhos. Misturar bem e colocar no forno em formo untada, virar 1 vez. Tempo uns 20 minutos mais ou menos. Servi com salada de rúcula, gergelim e malvavisco.

Arroz de Polvo




Achei bem interessante ao invés do risoto tradicional fazer um arroz aromático ... meio moqueca

Ingredientes:


* 300 gramas de polvo (usei a conserva uruguaia)
* 1 cebola grande
*Azeite a gosto
* 2 dentes grandes de alho
* 2 tomates maduros
* 1 pimentão amarelo
* 1/2 pimentão verde
* 1 pimenta amarelinha pequena
* 50 gramas de ervilhas frescas
* 2 xícaras de arroz arbóreo
* 4 colheres de sopa de molho shoyu
* 50 ml leite de coco
* sal a gosto
* caldo de camarão fresco (usei umas 100 gramas de camarão pré cozido)
* manjericão fresco e salsa
* azeitonas
* manjericão seco pra polvilhar


Refogar os temperos com o arroz. adicionar um pouco de água. Colocar o shoyu e o leite de coco, o polvo e o camarão, os temperos verdes e as azeitonas. Deixar uns minutos marinando pra dar o gosto. Pronto !! Polvilhar com manjericão seco ... fica muito leve e foge do esquema queijos ou creme de leite. Servi com palha e ervilhas frescas.